Buscar
  • Marilice Zanato

Constelação Familiar – Aborto

Atualizado: Abr 14



Este texto faz parte de uma série de textos que irá explicar um pouco como uma Constelação Familiar Individual com bonecos é realizada.


Cliente diz que já esteve em alguns lugares e sempre lhe perguntam se ela já teve algum aborto. Ela queria compreender essa questão.


Considerei a solicitação após fazer algumas perguntas de maneira a avaliar a relevância do que era pedido.


Digo que iriamos experimentar, uma vez que não poderia afirmar nada e muito menos ter alguma hipótese sobre a questão.


Peço para ela escolher um boneco que represente ela é um outro para representar o aborto.


Ela sente de atraída pelo boneco que representa o aborto e quer ir na direção dele.


Pergunto sobre alguma exclusão ou aborto na família, mas ela não se recorda.


Pergunto sobre alguém que ela quisesse proteger, pois o sistema revela uma proteção a alguém.


Ela se recorda de um episódio familiar quando era criança.


A mãe estava grávida e ela se recorda do pai lhe pede para abortar a criança, pois não tinha intenção de ter mais um filho.


Ela diz que até hoje sente um desejo incontrolável de proteger a irmã, independente do que aconteça.


Coloco o pai, a mãe e após alguns movimentos e frases, deixamos a responsabilidade de cada um dos membros em seus devidos lugares.


Ela refere sentir-se aliviada.


Encerramos a constelação.


Obs: Lembrando que a Constelação Familiar não tem intenção de curar ou “livrar” ninguém de seus problemas ou questões, ela tem por objetivo trazer a luz ao problema, e permitir que o constelado pense a respeito e tome as decisões que melhor lhe convirem a partir deste processo.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!