Buscar
  • Marilice Zanato

Constelação familiar mexe com espíritos?

Atualizado: Abr 13


Muitas pessoas tem interesse em conhecer as constelações familiares, mas ficam receosas sobre este processo, pois acreditam que elas vão lidar com fenômenos sobrenaturais, entidades ou espíritos.


A Constelação e um método desenvolvido pelo Mestre Bert Hellinger que tem por objetivo trazer uma nova compreensão sobre situações que ocorrem em nossas vidas e que de alguma maneira não conseguimos resolver ou lidar com elas.


De maneira alguma, existe um trabalho sobrenatural ou com entidades / espíritos, por isso ela pode ser realizada com qualquer pessoa que tenha interesse em “destravar” ou “compreender” alguma coisa em sua própria vida.


Nós trabalhamos com energia quântica e campos morfogenéticos, que requer uma compreensão sobre campo e forças.


Durante o processo sentimos energias ou forças, mas como costumo dizer durante as constelações, são sensações nossas, que o nosso corpo trará como informação para agregar durante o processo de atendimento da constelação.


Se em algum momento você for a alguma constelação e alguém lhe disser que existe algum espírito ou algo do tipo ao seu lado, agradeça e se retire.


Lembrando que em nenhum momento eu estou fazendo qualquer crítica a religiões ou pessoas que dizem trabalhar com espíritos ou forças sobrenaturais, o que quero deixar claro, é que a Constelação Familiar não faz isso, não é o foco e o campo de atuação desse trabalho.


Ele vai acessar a força da nossa família, dos nossos ancestrais (pais, tios, avós, bisavós e assim por diante) e a partir desta compreensão, utilizaremos as ordens do amor para compreender o que pode estar “emaranhado” no sistema familiar e buscar restabelecer o equilíbrio.


Quando eu busco o melhor para mim, pela compreensão da constelação familiar, a minha família também será beneficiada deste processo, de maneira indireta.


Querendo ou não, mesmo sem conhecer meus bisavós, por exemplo, eu estou ligada a história e a vida deles.


Mas Marilice, eles já morreram! – Como você pode dizer algo desse tipo?

Para que eu viva, meus bisavós deram a vida aos meus pais, e sim, eu carrego a força dessas pessoas no meu DNA, na minha memória inconsciente, na força do meu sobrenome e assim por diante…. Por isso é possível dizer que estou ligada a todos os que vieram antes de mim.


Eles não precisam mais estar vivos, mas estarão para sempre fazendo parte da minha história e da minha vida.


Por isso, não tenha receio de fazer uma constelação, por achar que ela lida com espíritos. Como disse anteriormente, ela não trabalha com nada disso.


O que eu digo para meus clientes e pacientes, essa questões espirituais, você deve trabalhar na igreja, no templo, no centro, no terreiro ou seja lá o lugar que você frequenta.


A Constelação Familiar pode sim nos beneficiar e nos ajudar na melhor compreensão de nossas vidas, nossas escolhas, e em tudo o que estejamos prontos para crescer e aprimorar em nossas vidas.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!