Buscar
  • Marilice Zanato

Constelação Familiar – Sentimento de solidão e estar perdida na vida

Atualizado: Abr 13


Este texto faz parte de uma série de textos que irá explicar um pouco como uma Constelação Familiar Individual é realizada.


Cliente me procura dizendo que está perdida e que sente uma solidão em sua vida.


Pergunto a ela se ela consegue se recordar a quanto tempo tem esse sentimento e ela diz que acredita ser aproximadamente de oito a dez anos.


Peço que ela me conte um pouco de sua história; e me diz que já viveu alguns relacionamentos amorosos anteriores e que em um deles, foi traída. Foi a única vez que ela se apaixonou de verdade e acabou vivendo a dor insuportável de ter sido passada para trás.


Ela me conta outros detalhes que não irei detalhar neste texto, assim como um pouco da história de seus pais e antepassados.


Também traz um fato importantíssimo: Já teve alguns abortos espontâneos no passado, por conta de uma condição do organismo dela. Ela me diz que nunca teve problema com essa história e achava que não tinha nada a ver com a constelação.


Digo que iremos experimentar algo para a constelação dela e ela concorda.


Peço para ela escolher um boneco para representar ela e um boneco para representar a solidão.


Ela coloca o boneco dela de frente e o boneco da solidão um pouco atrás, porém ela está olhando para frente o boneco da solidão está olhando para ela. Como se estivesse seguindo ela.


Escolho um boneco para representar o aborto e ela se emociona bastante. Peço para ela reverenciar e colocar em seu coração. Percebo que apenas um boneco não era suficiente para representar os abortos, e escolho diversos e posiciono em frente ao boneco que representa ela. Ela se emociona e diz que um peso, que ela nem sabia que carregava nas costas, havia desaparecido e ela finalmente conseguia sentir-se muito mais leve.


Depois, coloco o boneco da solidão em frente a ela e digo a primeira frase, mas ela disse que não conseguia repetir. Formulo novas frases e digo para ela que o boneco que representa a solidão, na verdade é o ex namorado dela que havia traído ela. (Essa informação foi trazida pelo sistema, no momento que ela escolheu o boneco como representante).


Todos os relacionamentos que passam em nossas vidas, tem enorme influência sobre quem somos atualmente e também influenciam nossos relacionamentos atuais e futuros.


Agradecemos a história e devolvemos as responsabilidades a cada um deles. Agora ele pode seguir o destino dele e ela o dela.


Para encerrar a constelação familiar, eu coloco novamente um boneco para representar a solidão e peço para ela experimentar esse lugar; e ela diz que ela não sente nada. Sente-se aliviada e não tem mais o incomodo que estava no inicio do trabalho.


Encerramos a constelação.


Obs. Lembrando que a Constelação Familiar não tem intenção de curar ou “livrar” ninguém de seus problemas ou questões, ela tem por objetivo trazer a luz ao problema, e permitir que o constelado pense a respeito e tome as decisões que melhor lhe convirem a partir deste processo. / Esta constelação não foi transcrita na integra, mas comunica as partes consideradas importantes para a elucidação.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!