Buscar
  • Marilice Zanato

Constelação Familiar – Tentando ter um negócio (Aborto X Relacionamento com o Pai)

Atualizado: Abr 14


Este texto faz parte de uma série de textos que irá explicar um pouco como uma Constelação Familiar Individual é realizada.


Cliente me procura, pois está com um problema relacionado ao aspecto profissional.


Ele tem uma empresa hoje, mas ela não lhe dá rendimentos, gastando mais do que deveria.


Posicionamos ele e a empresa, quando o sistema apresenta exclusões.


Pergunto a ele se ele teve alguma perda na família e ele disse que uma namorada na adolescência havia sofrido dois abortos. Ele refere nunca ter contado isso para ninguém e também carregava esse sentimento de culpa até hoje, pois acredita que a decisão da namorada naquela época teve relação com a maneira que ele se posicionou no passado.


Grande emoção toma conta da constelação.


Posicionamos os dois abortos e a ex namorada no sistema, ele reverencia e agradece essas histórias.


Refere sentir leveza e libertação neste momento.


Voltamos ao inicio da constelação e posiciono a empresa novamente.


O sistema ainda demonstra que algo está faltando.


Ele começa a chorar e diz que não conheceu o pai e que sentia falta dele em seu coração.


Questionei sobre o que se tratava e ele disse que o pai faleceu quando ele tinha menos de dois anos de idade, e que ele sentia uma falta devastadora por não ter convivido com o pai.


Incluo o pai dele no sistema e fazemos os movimentos e reverencias necessárias para que ele fosse incluído e ocupasse o seu lugar de fato.


Ele diz ao pai que esperou a vida inteira por esse encontro.


Neste momento, encerro a constelação.


Obs. Lembrando que a Constelação Familiar não tem intenção de curar ou “livrar” ninguém de seus problemas ou questões, ela tem por objetivo trazer a luz ao problema, e permitir que o constelado pense a respeito e tome as decisões que melhor lhe convirem a partir deste processo.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!