Buscar
  • Marilice Zanato

“Está tudo bem”

Atualizado: Abr 13


Logo quando o despertador toca, você já fica pensando no dia que vem pela frente e nas milhares de coisas que terá de resolver.


Muitas vezes temos problemas que aparecem e nos tiram o sono.


Ficamos pensando formas e e maneiras de resolver eles, mas parece que nada é suficiente para tirar ele da nossa cabeça.


E muitas vezes sabemos que no momento, na realidade, não existe muito a ser feito pela situação ou problema, precisamos deixar o tempo agir ou deixar outras coisas se acertarem para que possamos resolver a questão.


– Pode ser um problema de saúde, quando o médico diz que devemos repetir os exames para que ele possa fechar o diagnóstico e pensar no tratamento mais adequado para o caso;

– Pode ser um problema financeiro, daqueles de tirar o sono, que ficamos pensando em diversas soluções para que possamos sanar a dívida ou negociar o que ainda existe para ser pago;

– Pode ser aquela pessoa que você ama, e simplesmente faria tudo por ela, mas de maneira alguma ela lhe dá uma chance, ou simplesmente, não está mais afim de você;

– Aquela equipe de trabalho, que só de chegar no ambiente, você já se sente sugado e carregado;

-O carro que resolve quebrar e cada vez que você volta no mecânico, fica se perguntando porque ainda não vendeu aquela tranqueira….


E tantos outros exemplos, que você certamente poderá pensar…


A intenção deste texto é te convidar a tentar fazer as coisas sob uma outra perspectiva, que é contrária a tudo o que você já experimentou até hoje.


Os problemas, você já sabe como são e quais são.

Já pensou e repensou tantas maneiras de resolver, que quase já se tornou um Expert em buscar novas alternativas e possibilidades.


E sim, isso é de extrema valia para solucionarmos nossos problemas.


Mas quero te convidar a formular a seguinte frase, toda vez que você estiver diante de algum desafio, ou uma situação de briga, raiva, dificuldade para resoluções ou seja lá o que estiver dificil: Respire fundo e diga “Está tudo bem”.


Mas Marilice, não tá nada bem, você não sabe os perrengues que eu estou passando…

Verdade… eu não sei mesmo, e não é minha intenção menosprezar ou dizer que o que você está passando não tem relevância ou valor. Mas gostaria que você experimentasse por um instante a sensação de se sentir bem diante do problema.


Você pode estar no ápice do problema, mas por um instante, diante do problema você vai dizer “está tudo bem”, e tente sentir com o coração como se tudo estivesse realmente bem.


Algo interessante acontece conosco, e parece que com esta escolha consciente de tentarmos amenizar a complexidade do problema, parece que temos mais ânimo ou fôlego para encaramos e lidarmos com a situação.


Por exemplo: Vamos supor que estou devendo dinheiro para o banco, mas eu sei que estou trabalhando e fazendo minha parte, então neste caso, sim… está tudo bem, pois eu estou consciente da situação, fazendo o que está ao meu alcance e escolhendo não me envolver com sensação de dificuldade ou desespero, simplesmente escolho ficar no meu melhor, ficar do meu lado, ficar leve e deixar a situação me mostrar alguma outra solução. Quando eu escolho “está tudo bem”, eu deixo a vida me levar para as melhores saídas, eu escolho olhar a vida de cima, e não dentro do problema.


Desta maneira, a forma que encaramos a vida se torna ampla e nos oferece alternativas que antes poderiam passar despercebidas, pois estávamos dentro do problema, querendo resolver ele a qualquer custo.


Quando eu percebo que “estar bem” me coloca do meu lado, eu posso assumir que tudo se resolve, que é questão de tempo, entendimento e consciência.


Eu escolho ficar do meu lado, eu escolho ficar no meu melhor, eu escolho ficar leve, eu escolho fazer uma coisa de cada vez, eu escolho o fácil…


E quando “está tudo bem”, eu posso te garantir “tudo fica bem”.


Experimente…

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!