Buscar
  • Marilice Zanato

Mitos e verdades sobre Psicólogos

Atualizado: Abr 13

Muita gente desconhece o que o Psicólogo realmente faz. Não é difícil pessoas entenderem essa prática como algo associado à loucura, uma vez que no passado ela era utilizada exclusivamente para este fim. Muitas pessoas confundem a psicologia com misticismo; medicina; amizade, entre outras coisas.


Esse artigo tem como objetivo explicar um pouquinho sobre essa prática, sendo o que é real e o que é imaginação.


01). Psicólogo não atende só pessoas com problemas ou transtornos graves de comportamento ou personalidade. Nos ditos populares, aquelas pessoas “malucas” ou “doidas”. O psicólogo realiza trabalho em diferentes áreas de atuação, buscando reestabelecer a saúde mental de qualquer pessoa que esteja insatisfeita com algum aspecto de sua vida e queira melhorá-lo, buscando trazer um reequilíbrio e qualidade de vida para si e consequentemente para as pessoas que estão ao seu redor.


02). Psicólogo não é místico com habilidades de prever o futuro e profetizar acontecimentos. Muitas pessoas acham que o psicólogo é capaz de entrar na mente humana e prever pensamentos e comportamentos. Na verdade, o profissional estuda durante cinco anos diversos conteúdos que irão lhe auxiliar na investigação e condução de soluções que melhor se adequem a necessidade / queixa de cada paciente. Mas não, posso garantir, psicólogo não faz bruxaria.


03). Não é papel do psicólogo lhe dar palpites ou dizer o que você deve ou não fazer da sua vida, até porque já existem amigos, familiares e outras pessoas que já devem fazer isso com perfeição, não é mesmo? . Ele irá atuar conforme a sua queixa ou questão e através do que o paciente traz como “problema”, ele auxiliará o próprio paciente a entender essa questão e a lidar om ela.


04). Psicólogo e Psiquiatra são atividades diferentes. O Psicólogo faz graduação em psicologia e o Psiquiatra faz graduação em medicina e posteriormente residência em Psiquiatria. De uma forma bastante generalista, o psicólogo estuda a mente sob a perspectiva da personalidade e do comportamento, já o psiquiatra estuda os processos da mente relacionada a parte biológica do adoecimento e geralmente sua intervenção é medicamentosa.


05). O psicólogo não trabalha com certezas ou garantias, ou seja, procurar um processo de psicoterapia requer investimento e dedicação por parte do paciente /cliente, uma vez que as queixas e questões são suas e estão de alguma maneira impactando em sua qualidade de vida. O Psicólogo irá auxiliar neste processo: ouvindo; acolhendo; pontuando no que for possível. Mas as decisões de seguir este caminho são única exclusivas: do paciente.


Desta maneira, o psicólogo é aquela pessoa que te recebe no consultório e se coloca à disposição para caminhar junto com você. Mas é um caminhar diferente, quando suas emoções, sentimentos e pensamentos serão sinceramente ouvidos e acolhidos, respeitados e envolvidos pela atenção, por uma escuta ativa e por palavras que poderão lhe auxiliar nesta caminhada.


Psicólogo, é aquela pessoa que estudou bastante e com certeza ainda estuda muito, para poder lhe entender e acima de tudo respeitar e não julgar, porque cada pessoa é única. Cada história e trajetória é individual e cada resultado depende do que você deseja alcançar lá na frente.


Por isso, procure um profissional que lhe passe confiança, respeito e que você se sinta realmente à vontade para falar tudo o que você gostaria de falar.


O processo de psicoterapia é um investimento em si mesmo, pense a respeito.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!