Buscar
  • Marilice Zanato

O dia em que tudo começou

Atualizado: Abr 13


Esse texto eu escrevi no dia 14… acabei postando no Instagram e no Face e acabei não publicando aqui… , por isso estamos atrasados, mas o importante é postar rs….)


Em 15 de Agosto de um mil e novecentos e muito tempo atrás, por volta das 21hs, uma mulher, em uma maternidade deu a luz a um bebê.


A história de amor entre um homem e uma mulher, deu a vida a uma menina que teve seu nome escolhido pelo casal, mas na última hora, o pai, escolheu homenagear as avós maternas e uniu os nomes de ambas para coroar e honrar a vida que estava agora entre eles.


E neste dia, nasceu também um pai e também uma mãe.

Pais estes, que eu aprendi a olhar do lugar correto recentemente, do lugar de “apenas filha”.


E quando tomei meus pais deste lugar, puder perceber a vida e tomá-la como o maior presente que eu poderia herdar.

Desde meu nascimento até hoje, muita coisa já aconteceu.


Coisas boas e outras um tanto quanto tropeçadas, mas admito, todas estavam e aconteceram exatamente na hora e momento certos.


Da faculdade que eu fiz e nunca exerci.

Dos amores, dos trabalhos, dos amigos, da família…

Dos dias felizes e outros tristes…

Da faculdade que eu fiz e exerci… E foi outro presente que não posso retribuir aos meus pais, pela grandiosidade, mas também por ser a profissão que eu me orgulho de exercer diariamente e apaixonadamente.

Da vida que hoje, completa mais um ano, em minhas mãos e tento usar da melhor maneira possível.


Do lugar onde consigo perceber o que falhou, o que acertou, assim como o que ainda é desejo, o que é ato e o que virá a ser.


Da vida que é.


E do momento presente, eu agradeço de toda a minha alma: é a vida perfeita que me foi dada através de meus ancestrais e chegou até mim pelos meus pais: obrigada Mário e Marize.


Obrigada meus ancestrais e meus avós: Sebastião e Maria, Adelino e Alice.

Obrigada aos Everton, Mendonça, Ribeiro e Zanato. Aos que vieram antes, aos que estão presentes, aos que já partiram e aos que virão.


Por hoje: Gratidão.


E que comece o novo ciclo.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!