Buscar
  • Marilice Zanato

O que não é Constelação Familiar

Atualizado: Abr 14


Algumas pessoas me procuram para perguntar sobre Constelação Familiar, e eu, suspeita e fã de carteirinha do método, acabo falando sobre a minha experiência e um pouquinho do que tenho de conhecimento que adquiri durante a formação, leitura de livros e outros Workshops em que participei.


Conforme vamos conhecendo um pouco mais o método, podemos dizer o que pode ou não acontecer durante este processo e algumas coisas que eu já ouvi e que é importante dizer, não são Constelação Familiar.


Vidas passadas:


A Constelação Familiar não trabalha e não acessa vidas passadas. Em hipótese alguma isso pode ser colocado como real. A Constelação diz respeito ao sistema familiar que existe e existiu e que permite que você esteja vivo hoje, ou seja, como costumo dizer, toda a força dos sobrenomes e do sangue que existe em você e lhe pertence graças a seus antepassados, aos seus ancestrais.


Você tem pais, avós, bisavós, tios, e por ai vai e é este sistema que a Constelação Familiar acessa e ponto final.


Por isso o método pode ser usado por qualquer pessoa e nada diz respeito a espiritualidade, religião, dogma ou fé.


Apontar culpados


A metodologia criada por Bert Hellinger segue e traz a luz as ordens do amor. Entende-se que tudo o que acontece em um sistema familiar, diz respeito a uma tentativa de estabelecer ordem ou equilíbrio em situações que possam ter fugido a ordem natural das coisas ou da vida.


Desta forma, em hipótese alguma utiliza-se o termo “culpado” assim como também não se utiliza a palavra “perdão”.


Se algo aconteceu, faz parte da história daquela pessoa e faz parte do sistema familiar, sendo assim, por amor, algumas pessoas acabam experimentando algo diferente dos demais membros da família, e por este motivo, estamos a serviço das ordens.


Não constelamos outras histórias:


Algumas pessoas nos procuram para tentar modificar algum comportamento ou mudar algo em outras pessoas que elas consideram que estão impactando em suas vidas. Por exemplo, o marido fica pegando no pé por algum motivo qualquer.


Ninguém, pode usar a Constelação familiar a seu bel prazer, acreditando que pode mexer ou modificar comportamento de pessoas que nem sequer estão presentes. Isso é tratado como uma questão ética, que diz respeito ao livre arbítrio de cada pessoa e não pode ser utilizado de maneira leviana para mudar algo que nós queremos que seja diferente.


Magia:


Uma vez, conversando com uma pessoa, ela disse que havia participado de uma constelação e a pessoa que conduziu o processo havia lhe informado que era possível identificar que haviam feito “magia” contra o relacionamento dela. Não existe possibilidade alguma de isso ser verificado durante uma constelação.


Novamente, deixo claro aqui, a Constelação Familiar não dá conta deste tipo de informação e não tem por objetivo responsabilizar ou trazer vitimas ou culpados para que o sistema ou a história das pessoas tenha um sentido.


Na vida, as vezes precisamos buscar responsáveis ou culpados para que nossas dores tenham um sentido ou um lugar.


A Constelação Familiar traz a luz ou a consciência uma nova forma de perceber ou enxergar as coisas que nos aconteceram. Muitas vezes, nem sabemos que estamos emaranhados a essa história, mas ao nos darmos conta, tomamos a responsabilidade para nós e a partir disso, podemos escolher o que fazer para seguir adiante e resinificar nossa vida e consequentemente a vida de todas as pessoas de nosso sistema familiar.


Você teve alguma experiência diferente ou tem dúvidas se o que aconteceu é ou não Constelação Familiar? Conte sua experiência e vamos pensar juntos sobre o que aconteceu.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!