Buscar
  • Marilice Zanato

Quando é a hora de desistir?

Atualizado: Abr 14

Saber a hora de parar é algo que muitos de nós desconhecemos ou evitamos pensar a respeito.


Quando começamos algo tudo é alegria, contentamento e um frio na barriga.


Mas as vezes as diferenças se apresentam e deixamos de lado, achando que através de brigas iremos resolver.


Vamos empurrando o problema para debaixo do tapete e deixamos de perceber que a convivência, a intimidade e o dia a dia levam a conhecer outras aspectos que somente quem está no relacionamento é capaz de acessar.


Magicamente queremos que tudo volte a ser como era no começo, mas esquecemos que no começo conhecíamos uma parte, e talvez uma parte fantasiada por nós mesmos na ânsia de que aquilo se concretizasse e nos fizesse feliz.


Por um determinado período de tempo nos fez, ou nos contentou e ofereceu algo de bom.

Mas mudamos e a pessoa também mudou e não é possível voltar no tempo para deixarmos tudo do jeito que já foi um dia.


Vale conversar, tentar entender, resinificar, dar uma nova chance, mas entenda com sua cabeça e com seu coração que tudo vai depender do investimento de tempo, amor e energia para que as coisas voltem a ser como era antes, mas acima de tudo, a outra parte envolvida também tem que estar em sintonia com essa vontade / desejo. Caso contrário, não haverá caminho de volta.


Uma vez me disseram “Não existe o felizes para sempre”. E eu fiquei triste na época, mas no final das contas, aquele senhor estava mais do que certo.


Então ofereça a sua melhor parte para a vida e para tudo o que está vinculado a ela, e com certeza ela lhe retribuirá também a sua melhor parte.


E saiba que muitas vezes as coisas duram o tempo exato que há de ser, para nosso conhecimento, evolução ou simplesmente para nos fazer chegar a outros lugares, pessoas e possibilidades.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!