Buscar
  • Marilice Zanato

Seu filho não é seu amigo, não desabafe com ele!


Quantas vezes eu ouço a seguinte frase: "Meu filho é meu melhor amigo"


E confesso que todas as vezes que eu ouço isso eu tenho palpitações.


Filho nenhum pode ocupar o lugar de igualdade e ser parceiro dos pais.


Ele é filho, ele veio depois, ele é pequeno.


"Mas Marilice, meu filho tem maturidade e conversa comigo de igual para igual e coloca muito adulto no chinelo".


E fica pior...


Eu conto para eles meus problemas e segredos e ele me dá conselhos.


Ah gente... como assim?


Vou hipoteticamente dar um exemplo: Se eu tenho 40 anos e tenho um filho de 20 anos, só para começar tem um universo de vinte anos que separa as nossas gerações. Quanta coisa eu passei e vivi que meu filho nem sonha e nem consegue imaginar?

Quando eu desabafo com ele coisas que eu, no alto dos meus 40 anos não dou conta, o que me faz pensar que uma pessoa com 20 anos vai dar conta e ter algo maduro para me oferecer?


Entenda que aqui a minha intenção não é falar que uma pessoa de vinte anos não tem repertório e maturidade!!! - Sim... óbvio que eles tem... mas no alto dos seus vinte anos e ponto final.


Se eu com 40 anos não consigo resolver um BO na minha vida, como eu vou envolver meu filho nessa história?


A dimensão pode se agravar porque esse filho "pode" vir a sentir-se responsável por cuidar e proteger esse pai ou essa mãe que parece não conseguir lidar com seus problemas, pois usa o filho como apoio emocional e terapêutico.


E isso é too much para um filho.

Demais mesmo...


Se é pesado para um adulto, imagina para um jovem.


Então, eu imploro: Parem de desabafar com seus filhos! Eles não dão conta!

Você não dá... imagina ele!!!!!


Procure um profissional que possa lhe ajudar, um amigo da sua idade!!!! Alguém que tenha uma quilometragem próxima da sua para que possa lhe ajudar a considerar outros caminhos ou possibilidades ou só para desabafar.


Os filhos são fiéis e são capazes de carregar coisas que vocês nem imaginam para proteger seus pais de seus destinos e dores, tenho visto isso repetidamente nas constelações familiares. Os pais são capazes de lidar com seus problemas e não podem fazer seus filhos de muleta ou apoio emocional.


Por favor, parem!


Se você fizer isso, seu filho agradece e poderá ter um destino e uma vida mais leve e livre.


Marilice Everton Zanato

Psicóloga e Facilitadora de Constelação Familiar com Bonecos

Contato: 11-9-6989-0331

www.marilicezanato.com.br

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!