Buscar
  • Marilice Zanato

Você tem certeza das suas escolhas?

Atualizado: Abr 14


Começo o texto de hoje com uma pergunta:


“Você tem certeza?”


Quantas vezes fazemos escolhas para nossas vidas nos deparamos inesperadamente com esta pergunta.


Às vezes nos deixamos levar pelo famoso “é o que tem para hoje” e assim vamos deixando noites e dias acontecerem, sem nos darmos a pausa necessária para refletirmos, será que eu tenho certeza que isso é realmente o melhor para mim?


E será que temos a coragem de admitirmos que pode ser que a resposta seja: “não”?


Que não temos certeza das escolhas que fizemos. Que não temos certeza que esse é o melhor caminho para a nossa vida. Que não temos certeza que o que eu vivo hoje é o melhor para mim.


Em outras situações, parece que somos testados pelas pessoas com essa pergunta, quando estamos tomando algum tipo de decisão que pode ou não ter grande relevância em nossa história, como por exemplo comprar uma determinada roupa ou sair com alguém que nos convida para dar um passeio.

Mas essa pergunta pode vir, em outro contexto e nos tirar o sono:


“Você tem certeza que quer casar com essa pessoa?” “Você tem certeza que vai emprestar seu dinheiro para fulano de tal?” “Você tem certeza que fez a escolha profissional certa?

“Você tem certeza que será feliz para sempre?”


E para deixar a discussão ainda mais intensa, será que existe “o feliz para sempre?”


No final das contas, não precisamos ter certeza de nada, no sentido de que podemos simplesmente fazer escolhas por conta de sentimentos e nas expectativas que temos no momento presente, ou até planejadas para determinada finalidade.


Mas certeza mesmo, só temos de que um dia não estaremos mais por aqui.


E justamente por esta questão, devemos fazer nossas escolhas pautadas no que é melhor para cada um de nós (respeitando o limite e a liberdade alheias) e no que acreditamos neste momento.


E se um dia, lá na frente, descobrirmos que talvez não tínhamos certeza… Não tem problema.


Podemos escolher novas direções; novos amores; novos empregos; novas possibilidades, assim como nossa imaginação, fé e coragem permitir!

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!