Buscar
  • Marilice Zanato

Feliz 2018

Atualizado: Abr 14


Um ano já passou desde que fizemos aquelas promessas de que a vida seria diferente neste novo ano que começava…


Isso foi em 2017…


Ou foi em 2016?


Será que foi em 2015?


Ou foi há mais tempo atrás?


Todo ano a mesma coisa, de promessas de uma vida diferente, de novas perspectivas e possibilidades.


De ter certeza que desta vez estaremos mais presentes em nossas vidas e faremos coisas por nós, nos cuidaremos, investiremos em educação e coisas que nos farão melhores e mais prósperos ou saudáveis…


E de repente já não é mais Janeiro…


Tem o carnaval…


E alguns dizem que o ano só começa depois disso…


Os meses vão passando e a vida vai correndo, os desafios, os interesses, as facilidades e dificuldades…


Metade do ano passou e muitas vezes, olhamos para trás e não conseguimos encontrar onde foi que tudo ficou.


As promessas de ano novo que nem começaram ou foram abandonadas lá atrás.


Mas tem que ter um ano novo para prometer coisas?


Tem que ter um dia, como se ele magicamente pudesse limpar ou deixar tudo o que não foi bom para trás, e começar o ano novo no dia primeiro de janeiro, deixa tudo diferente?


Esperança e confiança são coisas imprescindíveis para que nossas vidas sigam sua melhor direção ou versão, mas na verdade, ela depende única e exclusivamente de cada um de nós.


Não é o ano…


Não é o emprego.


Não é o amor.


Não é a dieta.


Não é o dinheiro…


Tudo isso é importante e até mesmo indispensável, mas na verdade, tudo só pode acontecer porque você está aqui.


Porque a vida é sua.


Só sua.


Acredita?

Se você fala para ela ir para a direita, ela vai… se você disser para ir para a esquerda, ela vai também…


É você o controlador de tudo isso.


Então não foi 2017, ou qualquer outro ano antes que talvez não tenha sido como você gostaria.


Na verdade suas escolhas te levaram para lugares não tão bacanas assim.


Tuas decisões te levaram para o que é sua vida hoje.


Então, hoje é dia de compreender que a decisão, a escolha, a direção, o caminho, o que há de ser sua escolha, há de ser o seu ano, mas não só o ano há de ser sua vida.


Até que você se comprometa verdadeira e inteiramente com você, sua vida será sempre a mesma coisa que é hoje.


Então, se hoje, você promete que vai começar a dieta, vai arrumar um novo emprego, vai parar de fumar e beber, vai ser fiel, vai fazer seja lá o que for que essa promessa seja para que você possa ser a sua melhor versão.


Que você se comprometa com você e se ame; se respeite; se valorize; se cuide e se dê somente o que você merece: o melhor.


Se assim for, não precisa de dia 01 de janeiro, para que você esteja em paz com você e comece tudo de novo, para ver se agora vai…


Porque lá trás, você já escolheu ficar com você, se dar o melhor e fazer isso todos os dias da sua vida.


Então, que 2018 seja um bom ano, do mesmo jeito, que você pode ser bom com você.


Porque a culpa não é do ano que foi ruim, não é mesmo?


Para 2018, o que você quer para você? E o que você está disposto a fazer para que seja um dos melhores anos da sua vida?

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!