Buscar
  • Marilice Zanato

O segredo para eu resolver meus problemas

Atualizado: Abr 14


Há um tempo eu tive a oportunidade de conversar com uma pessoa de uma sabedoria e serenidade que transbordam.


Durante nossa conversa, eu recebi um presente, daqueles que não podemos deixar guardado só para nós, e eu escolhi dividir ele no dia de hoje, pois é aquele dia que fazemos promessas, projetos, desejamos coisas para o ano novo que começa.


Enquanto eu conversava com essa pessoa, ela me fez pensar que eu estava dando ênfase demais a uma coisa que estava me preocupando e quase tirando o meu sono.


E o que me foi oferecido foi: Você já sabe como é ter esse problema para resolver na sua vida, e pensar nele não resolve nada. Você só acaba ficando cada vez mais preocupada e desesperada para resolver.


Quando você for dormir, agradeça o dia que teve.


Quando for levantar-se pela manhã, você agradece pelo novo dia que começa e não pensa no seu problema, porque o problema você já sabe muito bem como é, e já sabe muito bem como é a sua vida com essa questão.


O que você fará é pedir para o universo, para o seu cérebro, para a vida, para sua sabedoria, (para o que você acreditar) lhe oferecer maneiras de você ter o que você quer e não dar ênfase ao que lhe falta.


Vou dar um exemplo: Se existe uma dificuldade financeira, não resolve pensar nela todos os dias, então ela existe, está posta e é concreta e você já sabe como é ter uma vida com dificuldade financeira. Pois bem, o que você vai fazer é pensar no contrário, pensar na sua vida com recursos financeiros para resolver sua pendência financeira. Você sai da perspectiva da falta e vai para a perspectiva da abundância.


Quando fazemos isso, de alguma maneira, começamos a enxergar soluções, pois mudamos a perspectiva.


Conseguimos perceber novos caminhos, novas possibilidades, coisas que estavam diante de nós e até mesmo coisas que jamais consideraríamos antes, pois não estávamos preparados ou prontos para perceber e realizar.


Isso é muito bem estudado pela Neurociência e pela Programação Neurolinguística.


Mudamos o objeto, a intenção, e resinificamos os caminhos, as resoluções e podemos canalizar nosso tempo, nossa energia, nossas intenções e fazer o que cabe, o que podemos e o que nos é apresentado para chegarmos ao nosso objetivo.


Ou seja, meu objetivo não é ter problemas financeiros, mas eu só penso nisso, em como a vida está difícil e é impossível resolver isso. Mas mudando a perspectiva, ou seja, quero e preciso de dinheiro, tudo muda de figura e conseguimos perceber novas possibilidades para chegarmos ao que queremos.


Pensamos nas novas possibilidades e seguimos nossa vida e caminhos como essas novas intenções, sem ficarmos preocupados em resolver o que há de ser resolvido.


Já percebeu que toda vez que você tem um problema e fica pensando nele vinte e quatro horas, ele fica lá eternamente sem ser resolvido? – E quando você diz que não vai mais se preocupar, a resposta ou a solução vem? – A dinâmica e a proposta é quase a mesma.


Então, crie e considere novas perspectivas, pense na solução e não mais no problema.


E faça a sua parte.


O resto, nosso cérebro, a vida, nossa atenção e tudo mais poderá se colocar a disposição para nos mostrar novas soluções.


Faça só sua parte e deixe a vida cuidar do resto.



Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!