Buscar
  • Marilice Zanato

Olhe para si

Atualizado: Abr 14


A culpa da minha vida estar assim é toda da minha mãe… se ela tivesse me amado, não me batido, não dissesse não, não tivesse sido tão dura, não tivesse sido tão cruel….


A culpa da minha vida estar assim é toda do meu pai… se ele tivesse me amado, não me batido, não dissesse não, não tivesse sido tão duro, não tivesse sido tão cruel…


A culpa da minha vida estar assim é toda de um ex namorado…


A culpa da minha vida estar assim é toda de uma amiga invejosa…


A culpa da minha vida estar assim é toda de uma pessoa que fez macumba….


Desculpas, tem gente que tem várias.


Mas pare e pense.


Essas pessoas ou coisas, situações, foram…. São passado.


Mas elas foram tão poderosas, que agora sua vida está fadada ao fracasso e não tem mais salvação.


Mas se a vida é sua, qual é a sua responsabilidade nisso tudo?


Não importa o que foi.


Importa agora!


Importa o que você escolhe fazer agora.


O passado foi.


Já era.


Intangível.

Inacessível.

Imutável.

O que você tem é agora.


Só o agora.


Então sofrer foi, continuar sofrendo é opção.


Está só na sua mão, na sua responsabilidade fazer algo para mudar e fazer sua vida ter sentido ou lugar para você.


Responsabilizar o mundo por suas dores não muda o fato que só depende de você fazer a diferença.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!