Buscar
  • Marilice Zanato

Pessoas que reclamam de tudo

Atualizado: Abr 13

Há um certo tempo venho observando as pessoas que referem estar com problemas inimagináveis, daqueles que não é qualquer pessoa que aguenta não…. Bem complicado mesmo.


E quem sou eu para dizer que o problema não é realmente tudo isso, uma vez que não sei como a pessoa lida com aquelas questões e não estou aqui para julgar nem nada.


Mas, o que me deixa intrigada é a inacreditável capacidade que algumas pessoas tem em espalhar pelos quatro cantos do mundo o quanto é difícil a sua vida, ou aquela situação, ou aquele relacionamento, ou aquele emprego, ou seja lá o que for difícil.


E no exato momento que você faz uma observação sobre esse assunto, tentando fazer a pessoa pensar a respeito desse sofrimento ou de tudo o mais o que está implicado, algumas delas ficam chateadas, irritadas ou até mesmo deixam de falar com você, simplesmente porque o outro não consegue entender o seu sofrimento ou problema do tamanho que ele realmente é.


Como já havia dito anteriormente, não sou a dona da razão e nem da verdade e muito menos sei a dor real da pessoa, mas posso afirmar que muitas delas acabaram se acostumando a essa situação ou condição e pensar a respeito ou simplesmente mostrar para essa pessoa que existem outras maneiras de lidar com aquela situação é simplesmente algo inconcebível.


Algumas pessoas acabaram por se permitir viver situações que são tão complicadas que não conseguem se ver distante ou simplesmente fora dela.


Como se estar cercada de problemas trouxesse algum tipo de satisfação, por mais estranho que isso possa parecer.


Sofrer tem algo de interessante e recompensador para essas pessoas, pois reclamar faz com que elas possam se sentir importantes, mais valiosas ou terem algum tipo de atenção, que em situações corriqueiras não teriam.


Ou até mesmo sofrer se tornou parte delas, de uma maneira que não é possível imaginar uma parte de si sem esse problema, uma vez que essas pessoas criaram uma relação simbiótica com esse problema, sendo difícil identificar onde o problema começa ou onde começa a pessoa.


Para a grande maioria das pessoas é difícil compreender isso, mas existem pessoas que sofrem porque não sabem fazer outra coisa ou por não reconhecerem que elas são como qualquer outro ser humano, que pode escolher outros caminhos, outros trabalhos, outros amigos, outros relacionamentos e assim consequentemente ter outro padrão de pensamento e sentimento e colher coisas diferentes do que estão tão habituadas a viver, sentir e pensar.


Fácil lidar com isso? Nem um pouco.


Mas perceber que já está cansado de sofrer é um primeiro passo para novas possibilidades.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!