Buscar
  • Marilice Zanato

Se olhe com os olhos do amor

Atualizado: Abr 14


Quantas vezes na vida, acabamos nos criticando, pegando pesado, falando coisas que não deveriam ser ditas nem para as pessoas que menos gostamos neste mundo?


Mas fazemos isso conosco, sendo insensíveis, ignorantes, maldosos e sem noção.


Olhamos para nós mesmos e fazemos críticas absurdas, de maneira a comprometer ainda mais o andamento das coisas em nossas vidas.


Dizemos que estamos gordos; que somos burros; incapazes de conseguir relacionamentos afetivos significativos; temos dificuldades financeiras e por ai vai, e com tudo isso, deixamos as coisas ainda mais complicadas, falando ou pensando bobagens sobre nós mesmos.


E isso ajuda?


Isso resolve alguma coisa?


Não!


Não resolve nada.


Só serve para nos deixar ainda mais para baixo em relação ao que não conseguimos resolver.


Então, hoje, eu peço que você se olhe com os olhos do amor.


Mas o que isso quer dizer?


Os olhos do amor, significa que você vai se olhar, como se estivesse falando com alguém que você gosta muito, e dizer o que você diria para essa pessoa, se ela estivesse na mesma situação que você.


Viu como a situação muda?


Porque conseguimos oferecer um pouco mais de cuidado, atenção, carinho e respeito, quando se trata da história ou assunto de outras pessoas?


Se temos isso para oferecer para os outros, também temos a obrigação de oferecermos isso para nós mesmos!


Me tratando com um pouco mais de doçura, afeto e amor, eu posso me sentir acolhida e respeitada e com isso, ter forças e coragem para seguir e resolver minhas coisas com um pouco mais de dedicação e cuidado, sem a tensão ou preocupação de dar errado, porque eu já estou do meu lado, fazendo o meu melhor e me dando o melhor que eu posso me oferecer.


Se eu me cuidar, a vida devolve…


Se eu me respeitar, a vida devolve…


Se eu me amar… a vida devolve.


Não é uma questão de causa e consequência, mas sim uma questão de: Eu vou me amar, me tratar com um pouco mais de respeito e usar palavras e pensamentos mais dignos para comigo mesma, de maneira que eu me sinta importante, me sinta segura, me sinta pronta para fazer o que eu quiser com a minha vida.


Se você fizer isso consigo mesmo, tenho certeza, a vida retribui e qualquer critica que vier de fora, não lhe atingirá do mesmo jeito que antes, e sabe por quê? – Porque você sabe que não tem importância, pois o seu amor e auto respeito lhe bastam.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!