Buscar
  • Marilice Zanato

Como aceitar o sucesso na minha vida?

Atualizado: Abr 14


Hoje a reflexão diz respeito a como nos posicionamos diante de situações que nos colocam diante do sucesso.


Mas antes, pergunto: O que é sucesso para você?


Sucesso pode ser você conseguir acordar e chegar no horário no trabalho. (Aqui em São Paulo isso pode ser sucesso sim, levando-se em consideração o trânsito).


Sucesso pode ser conseguir eliminar quilos indesejados; conseguir um emprego bacana; comprar alguma coisa que você queria há bastante tempo; sucesso pode ser conquistar aquela pessoa especial e que pode fazer a diferença na sua vida.


Enfim, sucesso é uma coisa individual e que tem relevância e importância para cada pessoa.

O que eu considero sucesso é diferente do que você considera e até ai tudo bem. Não tem ponto a ser discutido.


Esses dias estive conversando com uma pessoa que está neste caminho… Descobrindo seus próprios potenciais, seus desejos, suas intenções e o lugar que deseja ocupar.


Nesta divagação sobre o que é ou não relevante, o primordial veio efetivamente para a realidade: Qual lugar eu quero ocupar na minha vida e a partir desta perspectiva o que pode ser considerado o lugar do sucesso para mim.


Acabei pensando que muitos de nós somos ensinados a lidar com a desistência ou fracasso de uma maneira muito mais natural do que com o sucesso.


Quando perdemos alguma coisa ou nos decepcionamos, quem está ao nosso redor está pronto para nos dar algum tipo de apoio, alguma frase pronta e sem querer, nos acostumamos com isso.


Como se não ter o que queremos ou fracassarmos fosse algo mais do que esperado e até mesmo natural.


Mas quando conquistamos algo de valor, que pode ser considerado como sucesso, alguns de nós tomamos medidas como:

  • Melhor não contar para ninguém, pois podem colocar “olho gordo”;

  • E se eu mostrar para as pessoas e depois der errado?;

  • E se as pessoas acharem que eu estou sendo soberba ou metida?

  • Se eu mostrar para as pessoas e elas não aprovarem?

  • E assim por diante…

Quando o sucesso vem, muitos de nós temos dificuldade para encará-lo de frente, simplesmente porque não estamos acostumados a ele, e quando ele acontece, nos sentimentos “não merecedores” e esquecemos de nos curvar diante dele e agradecer, porque ele é uma parte de nós, ele é uma parte de algo que trabalhamos para realizar.


Ter sucesso é reconhecer que temos competências e habilidades que fazem parte de cada um de nós e deve sim ser vista, valorizada e honrada, não pelos outros, mas por nós mesmos.


Se eu não me considerar boa em algo que eu sei que eu faço bem, quem vai fazer isso? – O outro? – Que está alheio a tudo o que eu fiz, estudei, me aprimorei, dei o meu melhor para fazer acontecer?


Então se um dia essa pessoa for embora, eu vou precisar procurar novas pessoas que validem esse meu ponto forte para a vida ter sentido e as coisas continuarem encaixadas?

A resposta é uma só: Não!


Nós não precisamos da opinião ou validação de ninguém para ter sucesso!


Ele é uma parte de nós e todos temos isso conosco. Alguns conseguem acessar com mais facilidade do que outros, mas não tem problema.


Então, valorize-se! Veja o que você faz de melhor e faça valer a pena!


Faça primeiro por você! Dê o melhor primeiro para você! Sinta prazer e plenitude fazendo isso primeiro para você!


E quando tudo estiver bem em você, o que o mundo ou as pessoas disserem a respeito disso, já não vai fazer tanta diferença.


Sabe por que? – Porque você descobriu que só uma pessoa importa para você na sua vida, e essa pessoa é você!

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!