Buscar
  • Marilice Zanato

A importância de ser honesto ou cumpra com o combinado

Atualizado: Abr 14


Quando começamos qualquer coisa em nossas vidas, ela nos coloca em um lugar em que assumimos responsabilidades.


Pode ser um emprego; um namoro; uma amizade; a compra ou aquisição de algum bem ou serviço…


Seja lá o que for, isso existe, é é importante que estejamos cientes que uma parte de responsabilidade sobre tudo isso também nos diz respeito.


Quando eu compro um determinado produto em uma loja, eu devo avaliar o produto, as condições de compra e pagamento, garantias e se assim me for interessante, realizo a aquisição deste bem.

Caso aconteça algum problema, eu entro em contato com a loja, com o fabricante, verifico a garantia e faço o que for necessário para resolver esta situação.


A loja e o fabricante me ofereceram o bem e eu comprei.


A minha responsabilidade é pagar por ele, conforme o que eu acordei antecipadamente com o vendedor, além de cuidar deste bem para que ele possa me oferecer o que se propõe.


Com tudo na vida é assim…


Para qualquer tipo de relacionamento existe um dar e receber.


E este equilíbrio se dá em todos os aspectos de nossas vidas.


Quando não estamos satisfeitos com alguma coisa, devemos nos posicionar e informar o que não esta bem, o que está desencaixado, o que não está mais funcionando.


Mas em hipótese alguma, devemos dizer que não sabíamos ou não fomos avisados.


Muitas vezes assinamos contratos que dizem quais são os termos, mas no momento de felicidade, nem damos tanto valor e é ai que mora o perigo.


Se você assumiu uma responsabilidade: cumpra-a.

Se você não está feliz com o que adquiriu: Diga.

Se você não concorda: Argumente.


A vida pede este tipo de posicionamento, ou você sempre ficará na posição de vítima, sem saber como fazer para sair de situações, que no final das contas, foi você mesmo quem atraiu para si e para sua própria vida.



Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!