Buscar
  • Marilice Zanato

O que é valor para você?

Atualizado: Abr 14


Quanto você pagaria por algo que quer muito?


Quando você vai lá, pesquisa, olha, namora e finalmente consegue comprar algo que considerava importante ou faria a diferença em sua vida, tenho certeza, que se organiza, parcela no cartão de crédito, economiza… mas no final das contas, você dá um jeito para finalmente realizar este desejo / sonho.


Mas existem outras situações, (talvez seja uma inferência de minha parte), mas quando se trata de serviços, me parece que a situação muda um pouco de lugar.


Esses dias, tive a oportunidade de conhecer uma pessoa, que me contou que trabalha com algumas atividades distintas, todas estão relacionadas a oferecer serviços e produtos para os clientes.


Uma das atividades que ela realiza é maquiagem profissional. E quando é procurada para realizar este serviço para os clientes, muitas vezes, as pessoas ficam pedindo desconto, pois estão com dificuldades para pagar ou acham que o que ela oferece está caro.


Outra situação, algumas pessoas, por serem amigas da pessoa que realiza o trabalho, às vezes confundem as coisas e pedem favores, pois acham que a amizade paga o conhecimento ou serviço que o amigo tem.


Mas faço a pergunta ao contrário:


  • Eu posso chegar em uma pizzaria, por exemplo, e falar que quero uma determinada pizza e depois falo que quero desconto, pois não tenho dinheiro para pagar?

  • Quando vou ao supermercado, encho o carrinho de produtos e na hora de pagar no caixa, ofereço uma nota de cinquenta reais para pagar a compra do mês, pois quero desconto, e quero que o dono do supermercado entenda que eu não tenho como pagar e ele tem obrigação de me ajudar?

  • Quando vou ao salão de beleza, posso pagar pouquinho, pelo serviço oferecido, pois eu também sei fazer isso em casa e só não fiz porque não tive tempo?

  • Quantos outros milhares de exemplos eu posso dar…


Mas a questão é: o que é valor para você?


Se fosse ao contrário e alguém viesse lhe dizer que se preço ou produto está caro e lhe pedisse para pagar na camaradagem, como você se sentiria?


Se você não pode arcar com o valor de determinado produto ou serviço, não tem problema algum conversar e expor o seu ponto de vista, mas entenda, a empresa ou prestador de determinado serviço tem o direito de se posicionar e dizer não, simplesmente não aceitando a sua proposta.


E tudo bem.


Você pode se sentir a vontade para procurar um outro fornecedor ou produto / serviço, pois essa é a dinâmica do mundo capitalista, oferta X procura.


Se eu posso pagar por um serviço que custa dez reais, tudo bem. Mas não vou a loja que cobra cem reais e peço para ela me atender, pois é o que eu quero e não acho justo eles cobrarem um valor que eu não posso pagar no momento.


Novamente, deixo claro que tudo pode ser conversado, dependendo da dinâmica exposta, mas existem custos para que aquela empresa ou serviço possam existir, tais como: aluguel; telefonia; contador; imposto; fornecedores entre outros, e quando você vai lá e pede um favor ou faz uma oferta aquém do que é o real valor, isso desqualifica todo o investimento e desqualifica o profissional também.


Mas isso também diz muito sobre a pessoa que está tentando tirar vantagem da situação.


Porque as coisas que essa pessoa quer comprar não tem valor para ela?


Porque a pessoa que quer comprar não vale o investimento do bem ou serviço que está disposto a adquirir?


Por que a pessoa que quer comprar não valoriza o serviço ou produto oferecido?


Desta maneira, existe a necessidade de avaliar se a pessoa que está querendo comprar ou adquirir o produto ou serviço está sendo sincera com ela mesma e com o prestador de serviço.


Todos nós temos direitos, mas não nos esqueçamos: deve existir um equilíbrio entre dar o receber, e desta maneira, todos saem ganhando neste tipo de relação.


Quando ela já começa com a tentativa de tirar vantagem, seja qual for a parte envolvida, é muito provável que os objetivos não sejam atingidos com excelência e qualidade.

Categorias

Tags

Observação:

Todo o conteúdo deste blog é de minha autoria.

Ele tem o objetivo de informação e reflexão e não substitui o processo psicoterapêutico.
 

Caso queira publicar algum texto do blog, peço por gentileza mencionar a autoria e me encaminhar um link para que eu também possa acompanhar a publicação.

Receba as novidades
do blog! 

Obrigado pelo envio!